domingo, 24 de fevereiro de 2013

Prova Escrivão de Polícia 2012/2013

Uma prova justa e equilibrada.
Pesou na parte de direito e criminologia por depender de bastante interpretação dos enunciados e das alternativas, quem tem dificuldade nesse sentido provavelmente reprovou em uma delas.
Lógica abandonou o lado filosófico de Aristóteles e voltou a ser Raciocínio Lógico, de acordo com o que os candidatos se preparam.
Informática nos mostrou mais uma vez a característica da Vunesp nessa disciplina, ou seja, sempre privilegiando a prática em detrimento de conceitos e teoria. Não tem jeito, tem que ficar fuçando em casa o que faz cada botãozinho...
Português foi novamente a baba da prova...

Prova Escrivão versão 1
Gabarito versão 1
Outras provas e gabaritos

Conforme os professores forem mandando os comentários, vamos atualizando a postagem...

*RECURSOS questões 52 e 60 - Criminologia
*RECURSO questão 32 - Direito
*RECURSO questão 64 - Lógica
*RECURSO questão 79 - Informática 
*RECURSO questão 73 - Informática

Comentários de Lógica - Prof. Ângelo 
Comentários de Português - Prof. Farid 
Comentários de Português - Prof. Alex 
Comentários de Português - Prof. Sandra Ceraldi Carrasco
Comentários de Penal e LAI - Prof. Victor Paulo 
Comentários de Legislação - Prof. Ricardo Bina 
Comentários de Constitucional e Humanos - Prof. Tiago


Polêmica sobre o mandado de segurança contra escolaridade de Agente Policial

Muitos alunos estão nos perguntando se o concurso de Agente Policial será cancelado em virtude de um mandado de segurança impetrado contra ele questionando a escolaridade exigida (Ensino Fundamental).
Antes da nossa explicação é bom lembrar que qualquer pessoa pode impetrar um mandado de segurança para resguardar seu direito líquido e certo. Foi o que alguns candidatos fizeram, mas...
Não é este o caso, pois atualmente quem rege isso é a Lei Complementar 1.151 de 25 de outubro de 2011, que dispõe sobre a reestruturação das carreiras policiais civis. Nela, em seu artigo 4º, diz: "Constituem exigências prévias para inscrição no concurso público de ingresso nas carreiras policiais civis ser portador de nível de escolaridade estabelecido para cada carreira no artigo 5º da Lei Complementar nº 494, de 24 de dezembro de 1986, e no artigo 1º da Lei Complementar nº 1.067, de 1º de dezembro de 2008."
Ou seja, a escolaridade tem que seguir a lei de 1986 e a de 2008. A lei de 2008 só fala sobre a mudança para Ensino Superior de Investigador e Escrivão, nada mais. Enquanto que a lei de 1986, no seu artigo 5º, exige Ensino Fundamental para a carreira de Agente Policial.
Sendo assim, podem esquecer esse boato de anulação e voltar aos estudos...

sexta-feira, 8 de fevereiro de 2013

Curso Intensivo FINAL DE SEMANA Agepol/Papi

Para aqueles que querem dar um "sprint" final para as provas de Agente Policial e Papiloscopista que acontecerão nos dias 10/março e 24/março, respectivamente, o G.O.E. oferecerá um curso rápido e preciso AOS FINAIS DE SEMANA para deixar nossos alunos em ponto de bala para a aprovação!

- Horário: sábados e domingos das 09:00h às 18:00h (início 16/fev.)

- Carga Horária: 56 horas (até dia 09/mar.)

- Disciplinas: Português (Prof. Farid), Constitucional/Humanos (Prof. Tiago), Penal (Prof. Bina), Legislação (Profs. Morishita, Tiago, Bina), Criminologia (Prof. Mônica), Lógica (Prof. Ângelo), Informática (Prof. Rodney).

- Valores:
alunos novos: 2 X $220 ou à vista $420
ex-alunos: 2 X $195 ou à vista $370
rematrícula: 2 X $170 ou à vista $320 (só para alunos que terminaram o curso em janeiro - turma de investigador) 

*Nosso horário de atendimento é de segunda à sexta das 15h às 22h e aos sábados e domingos das 9h às 16h  pelos telefones (11)3826-9896, (11)7753-5314 ou pessoalmente na R. Martim Francisco, 604 (entre o metrô Sta. Cecília e o Shopping Higienópolis). 
Clique para o mapa do local.

domingo, 3 de fevereiro de 2013

Prova Investigador Polícia Civil 2012/2013

LINK PARA BAIXAR A PROVA (VERSÃO 1)
GABARITO OFICIAL

Comentários de Penal - Prof. Victor Paulo
Comentários de Processo Penal - Prof. Mônica Gamboa
Comentários de Legislação - Prof. Ricardo Bina

Comentários de Português - Prof. Alex (1 recurso)
Comentários de Português - Prof. Farid
Comentários de Português - Prof. Sandra Ceraldi Carrasco
Comentários de Noções de Lógica - Prof. Ângelo

Comentários de Criminologia - Prof. Mônica Gamboa (2 recursos)
Comentários de Informática - Prof. Rodney Idankas

RECURSO Questão 27 - Direito

RECURSO Questão 46 - Direito

RECURSOS Questões 67, 70 - Lógica

RECURSOS Questões 71,74,75,79,80 - Informática

Colocaremos os comentários dos professores nesta postagem conforme cada um for nos mandando. 

Estamos vendo pelos comentários que a matéria de Noções de Lógica (grife-se noções), foi o facão da prova de Investigador. De fato! Quando a examinadora saiu da Acadepol para a Vunesp, esperava-se o padrão Vunesp de elaboração de provas, não mais o padrão Acadepol.
Eis que surge uma matéria nos mesmos moldes do que aconteceu com Informática na prova de 2008 para Investigador, ou seja, uma matéria em que só será aprovado aquele que estiver com o pé bom para chutar certo, ou seja, privilegiará a sorte e não o conhecimento do candidato. Vai passar quem acertar mais questões de lógica no "chute", na sorte...
A abordagem da prova de "noções de lógica" é voltada para lógica filosófica de Aristóteles, fora de todos os padrões de concursos, inclusive do padrão de raciocínio lógico da própria Vunesp. Foi uma abordagem extremamente aprofundada e normalmente estudada durante a graduação de faculdades voltadas para área de exatas e filosofia e cobrada em provas de Tecnologia da Informação.
Trabalhamos em sala utilizando como base mais de 30 provas da Vunesp em que foi pedida a disciplina de Raciocínio Lógico. Todas elas seguem o padrão "normal", o mesmo visto na prova de Perito Criminal realizada há pouco.
A abordagem conceitual, teórica, utilizando termos incomuns ("implicação material" ao invés de "condicional", modus ponens.) nos mostra a nítida intenção de reprovar os candidatos e não aferir conhecimento, pois o tipo de questões (e a terminologia adotada) que caiu nessa prova não é abordado em nenhum cursinho, tampouco nos livros de raciocínio lógico para concursos.
Estranho, pois o padrão Vunesp costuma apresentar questões objetivas, básicas e tranquilas, prezando a aprovação de quem acerta mais questões (vide a recente prova de escrevente do TJ). E não "fritando" o candidato, não fazendo uma prova "loteria".
Não sabemos quem elaborou as questões de "noções de lógica" dessa prova, mas que elas são completamente diferentes de todas as questões da Vunesp, elas são.

Não sei por quê, mas fiquei com uma sensação de retaliação...
Retiro a mensagem de SUCESSO aos candidatos e a substituo por BOA SORTE!!!