Total de visualizações de página

Arquivo do blog

Curso Depol

Curso Depol
Preparatório Delegado de Polícia - 50% de desconto p/ ex-alunos GOE

Governo de SP anuncia reajuste para delegados, investigadores e escrivães

Medida acaba com isonomia de salários de delegados e oficiais da PM

Aumento pode chegar a 25,7% e deve acontecer de forma gradual.
Reajustes serão cumulativos a aumento de 7% em salários da polícia.

Do G1 São Paulo
O governador de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB), anunciou nesta quarta-feira (25) dois projetos de lei que preveem aumento de salário para delegados, investigadores e escrivães da Polícia Civil. Os reajustes poderão chegar a 25,7% e devem acontecer de forma gradual, entre 2013 e 2014.
Segundo Alckmin, haverá um reajuste de 10,5% este ano e de 15% em 2014 para os delegados. “De tal forma que o delegado de terceira classe, o salário inicial que hoje é de R$ 7.547, passará a ser de R$ 8.776 e, a partir do ano que vem, R$ 10.073″, disse.
Ainda de acordo com o governador, o reajuste beneficiará 3.246 profissionais da categoria. O impacto financeiro será de R$ 127 milhões por ano a partir de 2015.
Para investigadores e escrivães, o reajuste oscilará entre 8,5% e 18% em 2013 e entre 15% e 25,7% em 2014, seguindo a Lei do Nível Universitário, aprovada em 2008. Segundo o governo, serão beneficiados 27.280 profissionais, entre ativos, aposentados e pensionistas. O impacto será de R$ 201 milhões a partir de 2015.
Os reajustes serão cumulativos com o projeto de lei já anunciado, que aumenta em 7% os salários da Polícia Civil, Militar, Científica e da Secretaria da Administração Penitenciária (SAP). O secretário da Segurança Pública, Fernando Grella Vieira, afirmou que não acredita em reação negativa da Polícia Militar diante do reajuste concedido pelo governo do estado aos delegados da Polícia Civil. “Não há nenhuma alteração na atuação da instituição. Tenho absoluta convicção de que decisões como essa em nada interferirão no desempenho e na dedicação do policial militar”, afirmou.