quinta-feira, 17 de maio de 2012

Examinadores da Prova Oral de Agetel

Foi publicada a relação dos examinadores da Prova Oral de Agetel.
Adriana de Almeida Quintanilha Lauro dos Reis Cardoso
Adriano Roberto Figueiredo Leolar Emília de Souza
Álvaro Queiroz Marchesan Luciana de Almeida Quintanilha
Ana Cristina Lutério Dias Luís Fernando Zambrana Ortiz
Antonio Carlos Heib Manoel Gatto Neto
Antonio César Silva Márcia Heloísa Mendonça Ruiz
Antonio de Carvalho Nogueira Neto Márcia Melchert Giudice
Antonio Mestre Júnior Marcos de Azevedo Leiva
Antonio Vitório Cécere Maria Cristina Moreno Queiroga Frugoli
Aurora Vicentim Themer de Brito Mário Leite de Barros Filho
Carlos Henrique Antunes Taparelli Mauro Renault Menezes
Cícero Floriano Pires Alves Norma Sueli Bonaccorso
Ciro de Araújo Martins Bonilha Paula Cristina Nunes de Barros Scarance Fernandes
Denise Cristina Lima Baptista Raul Machado Tiltscher
Edison Giatti Lahoz Reginaldo Antonio Borro
Edna Pacheco Fernandes Garcia Renato Sansone Rodrigues
Edna Tarabori Calobrezi Ricardo de Mello Vargas
Edson Jorge Aidar Robinson Fernandes
Edson Luís Baldan Robson Lorencetti Ernesto
Eduardo Hallage Rodney Charles Muller Martins
Fábio Henrique Jagosich Ronaldo Tuma
Fernando Shimidt de Paula Rosemary Sinibaldi de Carvalho
Gilson Cezar Pereira da Silveira Sérgio Paulo Rios de Abreu
Gleidston Mendonça Figueiredo Ugo Osvaldo Frugoli
Jaqueline Makowski de Oliveira Bariani Vlamir de Jesus Sandei
João Francisco Ferreira Dias Wagner Pereira
José Vicente de Azevedo Pires Barreto Fonseca Waldir Antonio Covino Júnior
Juliana Ramos Zanzoti Yuri Ojevan Presto
Júlio Gustavo Vieira Guebert

12 comentários:

  1. oi leandro. vc poderia falar um pouco sobre os principais professores dessa banca..pelo menos os mais “perigosos“.. abraços.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Anônimo, quem poderá fazer isso melhor serão os nossos professores na UTI dos dias 26 e 27, mas pelo que falam o Dr. Hallage mete medo, o Dr. Ugo faz pensar e o Dr. Marchesan "vai longe"...

      Excluir
  2. É HOJE!

    Boa sorte a todos os colegas do GOE, estão muito bem preparados...

    ResponderExcluir
  3. Chateado, pois acho que fui mal na prova oral! Por que, alguns candidatos são arguidos com questões simples e outros com questões complexas?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Simples, os das questões mais complexas já foi reprovado de cara na entrevista e então eles derrubam na banca...

      Excluir
  4. Pessoal do G.O.E ,vocês poderiam comentar algo sobre
    a entrevista.sei que é importante,mas em termos de porcentagem quanto seria?

    ResponderExcluir
  5. Bom pessoal, acho q fui bem na prova, mas nem se não der, ainda assim to contente pois para próximos concursos essa prova oral já era.

    ResponderExcluir
  6. Acho q fui bem na oral, mas como a avaliação desta prova é muito subjetiva e não cabe recurso, tenho minhas dúvidas até se posso ser eliminado por não conseguir mais de 50% em alguma matéria. Os examinadores fazem em média 3 perguntas por matéria, assim, mesmo acertando todas as perguntas mas errando 2 de uma mesma matéria, o candidato está, teoricamente, eliminado. Na minha opinião acho q isso não ocorre, pois creio que a avaliação feita pelos examindores seja baseada em um conjunto de fatores, como TAF, TAP, IS e entrevista e não apenas pela prova oral. Já ouvi dizer de muitos casos em que o candidato foi muito bem na oral mas foi reprovado e outros foram mal mas foram aprovados.
    Alguém que já passou por isso, ou conheça alguma história parecida poderia compartilhar...abraços

    ResponderExcluir
  7. Posso garantir amigo que não tem isso de 50%, e os últimos orais ninguem reprovou, olha no de delegado, IP09 e EP10, todos passam nem que seja com 50,01, oque ocorre é que eles derrubam a sua nota e vc fica fora dos classifados, diga-se das 289 vagas quando sair a classificação final, portanto o oral é informalmente uma soma sim, da oral, entrevista, IS, TaP e TaF.

    ResponderExcluir
  8. Acho que vc esta enganado amigo, pois nos últimos concursos muitos foram reprovados na fase oral. Basta notar que o número de convocados para a oral foi bem maior do que o número dos que obtiveram nota(alguns com a nota mínima de 50,00). Mas acho que estes foram eliminados devido a outros fatores e não só pela nota da prova oral em si. Imaginem, por exemplo, um candidato que foi bem na prova preambular, no TAF,TAP,IS,entrevista mas errou 2 de 3 questões de lógica na oral.Na minha opinião, uma seleção eficiente não eliminaria um candidato vocacionado porque errou uma questao.

    ResponderExcluir
  9. O problema é que a nota atribuída, às vezes, depende mais do examinador do que do candidato. Se pegar um delegado nos últimos dias da oral, cansado e de mal humor, prepare-se para as verdadeiras buchas. Ainda bem que acabou essa prova oral, que só demanda tempo e dinheiro da máquina publica e é injusta além de tudo.

    ResponderExcluir
  10. Alguém poderia me informar como é feita a somatória da preambular e da oral? Existe meio certo para alguma questão, por exemplo se eu acerto 2 questões de português e meio certo em outra como ficaria isso?
    Se alguém puder me responder, ficarei muito agradecido.
    Abs e boa sorte a todos.

    ResponderExcluir